Pular para o menu

Fiesp e sindicalistas dizem que juros altos trazem prejuízos ao país

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) criticou mais uma vez o aumento na taxa básica de juros (Selic). Com a alta de 0,25 ponto percentual decidida hoje (2) pelo Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom), os juros ficaram em 11% ao ano.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:
Divulgar conteúdo