Pular para o menu

pré-sal

OGX faz outra descoberta na Bacia de Campos

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A OGX, companhia de petróleo e gás do grupo EBX, identificou a presença de hidrocarbonetos no poço exploratório 1-MRK-5-RJS, localizado em águas profundas da Bacia de Campos, no Rio de Janeiro. Em fato relevante divulgado nesta segunda-feira (21), a companhia indica que serão necessários estudos adicionais para determinar a produtividade da área.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Petrobras aprova construção, no Brasil, de sondas de perfuração para o pré-sal

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A Petrobras aprovou o processo de licitação para a construção, no Brasil, das primeiras sete sondas de perfuração marítima para exploração de petróleo em poços do pré-sal. A construção será feita pelo Estaleiro Atlântico Sul (EAS), vencedor do certame, ao preço final de US$ 4,63 bilhões, uma redução de US$ 13 milhões sobre a proposta original. As novas sondas devem entrar em operação em 2015.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Petrobras anuncia nova descoberta de óleo na bacia de Santos

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A Petrobras anunciou nesta terça-feira, 25 de janeiro, nova descoberta de óleo de boa qualidade nos reservatórios do pré-sal no bloco BM-S-9, na bacia de Santos. 

"As análises preliminares comprovaram a extensão da acumulação com óleo de 26o API em 200 metros de reservatório de alta qualidade, superior ao resultado do poço pioneiro", disse a estatal em comunicado ao mercado.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Câmara aprova projetos do Marco Regulatório

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Pré-sal
Chamada: 
Deputados se posicionaram sobre modelo de exploração, criação de Fundo e distribuição de royalties

Três importantes questões relacionadas ao marco regulatório do Pré-sal foram apreciadas pela Câmara Federal, neste 1º de dezembro: o novo modelo de exploração das reservas, a criação de um Fundo Social e a distribuição de royalties entre Estados e municípios.  As duas primeiras matérias foram aprovadas por 204 votos a favor, 66 contra e duas abstenções. Já, com relação à questão dos royalties, em votação simbólica, foi aprovado um destaque que orienta mudanças nas regras da distribuição.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

Governo anuncia maior poço do Pré-sal

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Libra
Chamada: 
Volume estimado das reservas é de até 15 bilhões de barris superando o campo de Tupi

O volume de óleo nas reservas do campo de Libra, na área do Pré-sal da Bacia de Santos, foi estimado em até 15 bilhões de barris. O anúncio foi feito nesta quinta-feira, 29, pela Agência Nacional de Petróleo – ANP. Com isso, o volume estimado de Libra ultrapassa o campo de Tupi, cujas reservas haviam sido estimadas em até 8 bilhões de barris, assumindo, assim, a condição de maior reservatório do Pré-sal.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Lula veta devolução de campos terrestres

Publicar no Na Hora: 
off
Chapéu: 
Vitória
Chamada: 
Movimento sindical petroleiro jogou papel decisivo para que o dispositivo fosse derrubado

No último dia 30 de junho, o movimento sindical petroleiro assegurou uma importante vitória: o presidente Lula sancionou o projeto de Capitalização da Petrobrás, mas vetou o dispositivo que permitia à Companhia devolver à União até 100 milhões de barris de petróleo / gás recuperável, provenientes de áreas sob contrato de concessão, situadas em campos terrestres.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo FUP
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:
Divulgar conteúdo