Pular para o menu
1569936321

Ato Público desta quarta na Petrobrás é cancelado

01 de October de 2019 às 10:25

destaque

Foto: Arquivo

Em virtude de mudanças no cenário das negociações envolvendo a renovação do Acordo Coletivo dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Petrobrás, a Diretoria Colegiada do SINDIPETRO-RN decidiu cancelar o Ato Público previsto para acontecer na manhã desta quarta-feira, 2, em frente à sede administrativa da empresa, em Natal.

Nesta terça, 1, e quarta-feira, 2, véspera e data anteriormente prevista para a realização da manifestação, membros da FUP e representantes de sindicatos filiados estarão em Curitiba, em nova reunião do Conselho Deliberativo, para avaliar a resposta da Petrobrás ao Tribunal Superior do Trabalho – TST e definir os próximos passos da campanha reivindicatória.

Junto ao TST, a Petrobrás já se manifestou contrariamente a qualquer possibilidade de prorrogação do processo de mediação por ela provocado, bem como se negou a adiar a validade do atual ACT – que vence hoje, 1°/10. A empresa também chegou a questionar o TST, no dia 24, sobre a possibilidade de aceitar apenas em parte a proposta – o que o órgão informou não ser possível.

Na última sexta-feira, 27, a FUP encaminhou sua reposta ao TST solicitando prorrogação das negociações. Além disso, a Federação também destacou que a proposta do Tribunal:

1- Não acompanha uma minuta – o que prejudica uma avaliação das assembleias;

2- Não explicita qual tratamento será dado às subsidiárias da Petrobrás, bem como à Araucária Nitrogenados;

3- A pressa da Petrobrás em encerrar a negociação prejudicou o processo, visto que ainda há pontos que podem avançar, tais como a vigência do acordo, a AMS, a questão das horas extras e a promoção de pleno para sênior.

Após a resposta da FUP, o Ministério Público do Trabalho (MPT) convocou uma reunião com dirigentes sindicais de todas as bases da Petrobrás no Brasil com o objetivo de auxiliar no processo de mediação junto ao TST.

(Com informações da FUP)

Compartilhar: