Pular para o menu
1300825009

FUP cobra e Petros unifica regras de empréstimos para participantes

22 de March de 2011 às 17:16

Em reunião nesta segunda-feira, 21, com a FUP, a Petros apresentou aos dirigentes sindicais as novas regras para concessão de empréstimo aos participantes do Sistema Petrobrás. A Petros atendeu às principais reivindicações da FUP, que nas reuniões periódicas que realiza com a Fundação, vinha cobrando a unificação das regras para todos os participantes e assistidos. Portanto, fruto das cobranças da FUP, a partir de agora, não haverá mais diferenciações entre os participantes do Plano Petros e do Plano Petros-2.

As novas regras para concessão de empréstimo unificam os limites máximos para os participantes e assistidos, bem como os valores mínimos. A FUP também reivindicou a redução do tempo de carência, dos valores das prestações e das taxas de seguro e administração. Veja abaixo as principais mudanças em função das novas regras para empréstimo:

 

 

Plano Petros-2 na Petrobrás Transporte

A FUP também voltou a cobrar da Petros agilidade na implantação do Plano Petros-2 para os trabalhadores da Petrobrás Transporte. O plano já foi aprovado pela diretoria da subsidiária, pelo Conselho Deliberativo da Petros e pelo Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Dest). Agora, o plano aguarda novo parecer do Conselho Deliberativo da Petros para ser submetido à Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc). Só então, o PP-2 será, finalmente, ofertado aos trabalhadores da Transpetro. A Petros informou que a reunião do Conselho Deliberativo para avaliação final do plano será no próximo dia 30.

FUP

Compartilhar: